PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Brancos são maioria em Arujá, aponta Censo

Foto: Divulgação/PMA

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Houve aumento do número de negros na cidade

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revelou, em dezembro, os dados do Censo 2022 referentes à raça. Arujá segue tendo maioria de moradores brancos – diferentemente da média do país, em que os negros tem o maior contingente.

Estudos do IBGE e da Fundação Seade apontam que os negros são um grupo formado pela junção de pardos e pretos. Em 2022, Arujá tinha 38,49% pardos e 8,31% pretos, ou seja, os dois juntos chegam a 46,8%. Já os brancos são 51,46% dos habitantes da cidade, que possui ainda 1,61% de amarelos e 0,13% de indígenas.

No Censo 2010, os brancos representavam 55% da população de Arujá, enquanto os negros eram 42,85% – pardos (38%) e pretos (4,85%).

O índice de brancos em Arujá é superior à média nacional, que ficou em 43,5%. No Brasil, os negros representam mais da metade dos residentes desde 2010, quando eram 50,7% – pardos (43,1%) e pretos (7,6%).

De acordo com o Censo 2022, os negros cresceram no país, com 55,5% da população – pardos (45,3%) e pretos (10,2%).

O número total de moradores de Arujá é 86.678 moradores, de acordo com o IBGE. Em comparação com o penúltimo Censo, de 2010, a população do município cresceu 15% (74.905), média superior ao registrado no país, que foi de 6,5%. O Brasil tinha 203.062.512 habitantes em 1º de agosto do ano passado, data-base do levantamento.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.