PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Câmara dos Deputados derruba veto de Bolsonaro e mantém Fundão Eleitoral

Foto: Marina Ramos/Câmara dos Deputados

PUBLICIDADE

Partidos poderão gastar R$ 5,7 bilhões nas Eleições de 2022

Em sessão na Câmara dos Deputados, os parlamentares derrubaram o veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Fundão Eleitoral. Com isso, ficam mantidos os R$ 5,7 bilhões previstos para o fundo de financiamento de campanhas eleitorais pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o próximo ano. A proposta teve 317 votos pela derrubada e 143 votos pela manutenção.

Para efeito de comparação, em 2020, o Fundão Eleitoral foi de R$ 2 bilhões. Ou seja, no próximo pleito, o valor será 185% superior.

A deputada Adriana Ventura (Novo-SP) defendeu a manutenção do veto por ser contrária ao uso de recursos públicos em campanhas. Ela afirmou que o recurso público vai servir para perpetuação de “caciques políticos” responsáveis pelo gerenciamento dos recursos do fundo eleitoral. “Isso não dá acesso, isso não traz renovação política”, disse.

Já o deputado Arlindo Chinaglia (PT)-SP) defendeu que o STF (Supremo Tribunal Federal) vetou o financiamento de empresas e o uso dos recursos públicos garante lisura ao sistema político. “Quando nós somos financiados pelo dinheiro público, não ficamos devendo favores, não ficamos na condição de ter que atender a quem nos financiou e isso é uma conquista para a democracia”, disse.

(Com informações da Agência Câmara de Notícias)

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE