PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Comitê Científico paulista é contrário à realização do Carnaval

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Share on whatsapp
Share on telegram

Mais de 70 cidades paulistas já anunciaram o cancelamento da festa popular em 2022

O coordenador do Comitê Científico do Estado de São Paulo, Paulo Menezes, avalia que é precoce na segurança sanitária de multidões nas ruas no Carnaval do próximo ano. Ele disse que os especialistas são contrários a liberação da festa popular.

As grandes capitais do país já anunciaram a retomada das comemorações no próximo ano. Em São Paulo, por exemplo, mais de 800 blocos devem ocupar as ruas.

No Estado, mais de 70 cidades já anunciaram a suspensão do Carnaval, justamente pelo receio de, após a festa popular, ocorrer nova onda de infecções.

Grupos religiosos também pressionam a suspensão da festa. O entendimento é que, se houver nova onda de infecções após o Carnaval, haverá risco de suspensão da festa da Páscoa pelo terceiro ano seguido.

Em Arujá, o prefeito Luís Camargo (PSD) já definiu a suspensão das festividades no próximo ano.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE