PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Condemat reforça ao Estado pedido de BRT para ligar Arujá a Itaquá

Reunião do Condemat- com o governdor em exercício, André do Prado
Foto: Condemat

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

André do Prado é o primeiro representante do Alto Tietê a assumir o principal cargo do Estado

Nesta segunda-feira (8), o Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) entregou um ofício ao governador em exercício, André do Prado (PL) – presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo -, durante reunião no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista. O documento apresentou as demandas prioritárias da região referentes às áreas de Mobilidade, Saúde e Emprego.

Na área de mobilidade, o presidente pleiteou a construção da alça de acesso do Rodoanel, na divisa entre Suzano e Poá. A segunda demanda se refere a duplicação da SP-56, que atende quatro cidades do consórcio: Itaquaquecetuba, Arujá, Santa Isabel e Igaratá. Os serviços chegaram a ser anunciados com a abertura de licitação em 2021, no entanto, as intervenções não começaram. A ligação é estratégica e favorece o crescimento econômico, já que a rota conta com muitas indústrias e empresas de diversos setores.

A implantação do Corredor Metropolitano, o BRT Alto Tietê também foi reforçada no ofício.

“Esse projeto é discutido há anos e já foi debatido, inclusive, em audiências públicas. Ele atenderá as cidades de Arujá, Poá, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos com um trajeto de 31 quilômetros que beneficiará 50 mil passageiros por dia, mas seu impacto terá reflexo em toda a região, pois trará mais fluidez ao trânsito e possibilitará que as pessoas passem menos tempo no transporte público”, apontou o presidente do Condemat, Vanderlon Gomes.

A saúde é uma preocupação constante dos municípios e do consórcio, que solicitou a ampliação da capacidade de diversos serviços públicos, incluindo vagas para hemodiálise, cirurgias ortopédicas, cardiológicas e eletivas cujas referências na rede de atendimento não comportam a crescente demanda. O Condemat pleiteou uma agenda com o secretário de Estado da Saúde, Eleuses Paiva, para detalhar os pedidos, além de discutir a instalação de um Hospital Veterinário Regional.

Para apoiar os serviços públicos, reforçar as vagas de emprego e a renda da população mais vulnerável, o consórcio pediu o retorno do Programa Bolsa Trabalho.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.