PUBLICIDADE

Diante de multidão em Brasília, Bolsonaro ameaça o Supremo Tribunal Federal

Foto: Reprodução/Facebook/Bolsonaro
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Praça dos Três Poderes é tomada por manifestantes a favor do governo federal

O presidente da República, Jair Bolsonaro, conseguiu atrair milhares de pessoas na manhã desta terça-feira (7), no feriado da Independência do Brasil, na frente da Praça dos Três Poderes, em Brasília. Em tom golpista, ele ameaçou o STF (Supremo Tribunal Federal).

 “Nós não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica da região dos Três Poderes continue barbarizando a nossa população. Não podemos aceitar mais prisões políticas no nosso Brasil”, afirmou, em crítica indireta ao ministro Alexandre de Moraes, do STF, que comanda o inquérito das Fake News, que determinou prisões de seus apoiadores.

No palanque, Bolsonaro subiu ainda mais o tom. “Ou o chefe desse poder encontra o seu ou esse poder pode sofrer aquilo que nós não queremos porque nós valorizamos e reconhecemos o valor de cada poder da República”, ameaçou, sem citar diretamente o nome do presidente do STF, o ministro Luiz Fux.

Para o presidente, o STF não tem respeitado a Constituição. “Quem age fora dela se enquadra ou pede para sair”, disse.

Bolsonaro apresentou pedido de impeachment contra Alexandre de Moraes no Senado Federal no mês passado. A solicitação foi rejeitada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM). Entre os manifestantes há gritos de ordem e faixas antidemocráticas.  

Há manifestações convocadas pelo presidente em todo o país. A maior deve ocorrer na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde de hoje (7), que contará com a presença de Bolsonaro.

Grupos contrários ao presidente também fazem protestos, mas com menor número de adeptos.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE