PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Gabbardo descarta nova onda de infecções pela covid no Brasil

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Share on whatsapp
Share on telegram

Países da Europa retomaram as restrições de circulação

Enquanto o mundo olha com atenção a recrudescimento da pandemia do coronavírus na Europa, com adoção de novas medidas de restrição em vários países, em São Paulo o clima é de otimismo. É o que aponta o secretário-executivo do Comitê Científico, João Gabbardo, que descarta um novo pico de infecções no Brasil.

Em entrevista nesta quarta-feira (17), no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, Gabbardo enalteceu a ampla adesão da vacinação pela população. “Em São Paulo, temos mais de 100% da população (adulta) vacinada”, disse.

O secretário justificou que a imunidade provocada pelas vacinas apresenta queda após seis meses. Com isso, a aplicação da dose de reforço e a baixa adesão aos movimentos antivacina no país. “Temos uma cobertura vacinal maior e continuamos a usar máscaras”, contou.

De acordo com Gabbardo, a expectativa é que o uso de máscaras deixe de ser obrigatório em vias públicas, para pessoas que estiverem sozinhas, no final deste mês.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE