PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

PL lança candidatura à reeleição de Bolsonaro à Presidência da República

Michelle Bolsonaro e Jair Bolsonaro na convenção nacional do PL
Foto: Reprodução/TV Globo

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

“Quem até os 20 anos não foi de esquerda, não tem coração. Quem continuou depois dos 20, não tem cérebro”, afirmou o candidato diante dos correligionários

O PL (Partido Liberal) lançou a candidatura à reeleição do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), em convenção naciona, neste domingo (24), no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. A sigla confirmou o general Walter Braga Netto, ex-ministro da Casa Civil, como candidato a vice na chapa.

A convenção contou com mais de 10 mil apoiadores da reeleição. Bolsonaro fez diversos ataques à esquerda, em especial, aos governos da Argentina, Coreia do Norte e Venezuela.

“Quem até os 20 anos não foi de esquerda, não tem coração. Quem continuou depois dos 20, não tem cérebro”, disse.

Bolsonaro indicou que a candidatura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) defende a ideologia de gênero e o controle social da mídia. Ele afirmou que apoiou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em agradecimento na defesa russa à soberania brasileira na Amazônia.

 O presidente reconheceu as dificuldades econômicas decorrentes da pandemia do coronavírus, defendeu as ações do governo federal para combater a crise sanitária e reclamou de governadores terem definido o fechamento de setores econômicos.

Bolsonaro convocou os correligionários a irem às ruas em um grande ato em 7 de setembro, no feriado da Independência do Brasil, em uma tentativa de pressionar o Judiciário.

“No 7 de setembro vamos às ruas pela última vez. Quem faz as leis é o Executivo e o Legislativo”, disse.

O presidente afirmou que espera passar o comando do país, após a próxima gestão, em uma situação muito melhor do que ele recebeu em 2019.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.