PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Prefeitura pode manter leitos de UTI Covid em 2022

Foto: Jamile Santana/ITDM

PUBLICIDADE

Excepcionalidade pelo Governo Federal se encerra em 31 de dezembro

A estrutura preparada para combater a pandemia da covid-19 no Brasil está sendo desinstalada, já que o período de excepcionalidade previsto pelo Governo Federal se encerra em 31 de dezembro. Ainda assim, em Arujá, é possível que sejam mantidos os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), ventilatórios e de enfermaria para atender os pacientes graves.

Nos últimos 10 dias deste mês, o prefeito de Arujá, Luís Camargo (PSD), terá seis reuniões com a equipe da Secretaria Municipal de Saúde para definir quais ações serão tomadas. A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde, Leonardo Reis.

“Temos capacidade técnica para manter os leitos. Vários itens, como os ventiladores, são nossos. Hoje, o custeio dos até 46 leitos é 85% do município”, comentou.

Vale ressaltar que, antes da pandemia, Arujá não possuía leitos de UTI. A expectativa é que a situação na cidade melhore quando for inaugurado o Hospital Municipal, previsto para 2024.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE