PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Quadrilha é presa por desviar combustível para greve dos caminhoneiros

Foto: PRF
Share on whatsapp
Share on telegram

Esquema podia movimentar R$ 1,7 milhão ilegalmente por ano

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar (PM) prenderam, neste sábado (6), três homens e uma mulher ligados a um esquema que fornecia combustível furtado para possibilitar apoio criminoso à greve dos caminhoneiros em São Paulo.

De acordo com a investigação, o motorista do caminhão que transportava combustível furtava e vendia parte da carga (cerca de 80 litros) para os criminosos, que utilizavam esse combustível roubado para viabilizar ações criminosas em apoio à greve dos caminhoneiros. A estimativa é que esse esquema poderia movimentar até R$ 1,7 milhão por ano.

Essas ações criminosas eram feitas, por exemplo, com o uso de motocicletas, onde outros criminosos ligados à greve ameaçavam os caminhoneiros que não quisessem aderir ao movimento, jogavam pedras nos caminhões, agrediam caminhoneiros que prosseguissem o caminho pela rodovia, entre outras ações de suporte criminoso ao movimento.

Os presos foram encaminhados à delegacia de Polícia Federal em Santos e permanecerão à disposição da justiça. A PRF e a PM prosseguem na investigação de outros núcleos criminosos que possam estar atuando em conjunto com esse.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE