PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Relógio do Centro volta a funcionar após mais de 10 anos

Foto: Wellington Alves

PUBLICIDADE

Monumento em homenagem à Imigração Japonesa estava parado

Em cerimônia em homenagem à Imigração Japonesa, na noite desta segunda-feira (27), o prefeito de Arujá, Luís Camargo (PSD), inaugurou o novo relógio da Praça do Relógio, ao lado da Praça do Coreto, no Centro. O relógio, entregue pelo Consulado do Japão em 1952, estava sem funcionar há mais de uma década.

Além do novo relógio, a praça foi reformada, com zeladoria urbana e plantio de flores.

De acordo com Camargo, o relógio representa o momento da cidade, que não pode mais parar. “É um ato simbólico. A retomada do funcionamento do relógio que marca as horas e, também, de retomada da nossa cidade”, contou.

O cônsul de Assuntos Gerais e Políticos do Japão, Hiroyuki Ide, participou do evento. “Esse relógio representa a amizade da cidade com a comunidade nipo-brasileira”, disse.

O monumento que dá sustentação ao relógio também foi reformado, a partir de um desenho de carpas da estudante Lisa Shibuya. Ela mora na cidade de São Paulo, mas sempre vem a Arujá aos finais de semana para jogar tênis e participar da Academia do Futuro no Nippon Club. O desenho dela foi escolhida a partir de um concurso.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe

Veja também

SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE