PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Tarcísio de Freitas afirma que crime organizado tentou intimidá-lo

Tarcísio de Freitas x coletiva
Foto: Reprodução/Facebook/Tarcísio de Freitas

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Bolsonarista afirma que oito suspeitos apareceram armados na frente do prédio onde ele estava

O candidato ao Governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), afirmou que oito suspeitos vinculados ao crime organizado tentaram intimidá-lo nesta segunda-feira (17) durante agenda em Paraisópolis. Ele participou de coletiva de imprensa no Edifício Praça da Bandeira, no Bela Vista.

De acordo com o bolsonarista, oito jovens, que estavam em quatro motos, abordaram os seus seguranças e questionaram a presença deles. Logo em seguida, eles retornaram armados. Os seguranças conseguiram alvejar um dos suspeitos, enquanto os demais conseguiram fugir.

“Não foi algo corriqueiro. Foi uma ação de intimidação e recado. O crime está dizendo que tem lado é não é o seu”, disse.

Tarcísio se negou a comentar uma pergunta sobre uma possível maior facilidade de candidatos petistas fazerem campanha em favelas. Ele considera que o episódio não foi um atentado contra a vida dele, mas demonstra que áreas de São Paulo estão dominadas pelo crime organizado.

Segundo o candidato, sua intenção é gerar oportunidades para garantir melhores condições de vida para os jovens para evitar que eles sejam cooptados pelos criminosos.

“Temos que levar a formalização, capacitação e o crédito. Que perspectiva tem esses jovens? Queremos que as mães saibam que os seus filhos terão esperança”, comentou.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.