26.5 C
Arujá
quarta-feira, janeiro 20, 2021
Início Política Vereadores pressionam Gabriel dos Santos para colocar impeachment em votação
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Vereadores pressionam Gabriel dos Santos para colocar impeachment em votação

- PUBLICIDADE -

Clima é de tensão na Câmara

Gritos, ameaças de agressão e muita tensão. Esse é o clima na Câmara de Arujá, nesta quinta-feira (24), diante da liminar da juíza Patrícia Padilha, do Fórum de Arujá, que suspende a votação do impeachment do prefeito José Luiz Monteiro (MDB) e do vice Márcio Oliveira (Republicanos).  Se não houver julgamento hoje, o caso será arquivado e a dupla poderá terminar o mandato.

A liminar foi direcionada ao presidente da Comissão Processante, Abelzinho Larini (PL). O presidente da Câmara, Gabriel dos Santos (PSD), afirmou que isso foi uma manobra para dar nulidade ao processo e que existe a responsabilidade da CP.

O argumento de Gabriel é rechaçado por vários vereadores. O autor da denúncia, Renato Caroba (PT), avalia que o presidente pode dar prosseguimento ao julgamento.

O relator da CP, Júlio do Kaikan (Pros), fez parecer que acatava o impeachment de José Luiz e Márcio por falta de decoro. Na argumentação, ele citou uma suposta reunião deles com o traficante Anderson Lacerda, que foi alvo de reportagem do Fantástico.

O vereador Castelo Alemão (PTB) trocou xingamentos com uma pessoa na galeria, com ameaças de agressões entre ambos. A vereadora Cris do Barreto (PSD) disse que Gabriel deve acatar a decisão partidária de dar andamento à votação.

Error: Embedded data could not be displayed.

VEJA TAMBEM...

- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

- PUBLICIDADE -