PUBLICIDADE

Adesão à quarentena cresce apenas 1% em Arujá nos dias úteis

Prefeitura de Arujá
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Cidade pode entrar em lockdown que está em análise pelo Governo do Estado

Enquanto o número de mortos pelo novo coronavírus continua crescendo em todo o Estado, inclusive em Arujá, as autoridades estaduais avaliam a implantação de um lockdown (confinamento total) na região metropolitana de São Paulo. Para evitar isso, é necessário subir o índice de isolamento social, que nesta semana cresceu apenas 1% na cidade nos dias úteis.

O Centro de Contingência do Coronavírus avalia que 70% de adesão à quarentena seria essencial para evitar o colapso de leitos e conseguir controlar a propagação da doença. O governador João Doria (PSDB) comentou que seria necessário, no mínimo, 55%, já que muitas pessoas trabalham em serviços essenciais ou que não foram atingidas pelas medidas de isolamento.

Entre 4 e 8 de maio, a média de adesão ao isolamento social foi de 50,4% em Arujá. Nesta semana, entre 11 e 15 de maio, foi um pouco melhor: 51,4%.

Doria já declarou que tem o protocolo finalizado do confinamento total, mas não explicou como ele será implementado. Na sexta-feira (15), ele admitiu que, apesar da atual quarentena vigorar até o final de maio, não dá para prever quando serão implantadas medidas de flexibilização.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE