14 C
Arujá
domingo, 5 de julho de 2020
No menu items!
Início Brasil Alto Tietê terá redução da frota de transporte municipal, anuncia Condemat
- PUBLICIDADE -

Alto Tietê terá redução da frota de transporte municipal, anuncia Condemat

- PUBLICIDADE -

O Conselho de Prefeitos do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) deliberou na noite de ontem, 18, pela redução gradativa da frota de transporte municipal. A medida começa a valer a partir da próxima segunda-feira, 23, nas maiores cidades da região, sendo que em algumas darão início ao processo já nesta quinta-feira, com o objetivo de diminuir o fluxo de pessoas nas ruas para conter o avanço do coronavírus.

Questionada, a Prefeitura de Arujá não se posicionou sobre a redução da frota na cidade. Em cinco dias, o número de suspeitos com a doença no Alto Tietê subiu 361% e já existem pelo menos sete casos confirmados, nas cidades de Ferraz de Vasconcelos (2), Guarulhos (4) e Mogi das Cruzes (1).

A redução na circulação dos ônibus municipais vai ser definida por cada cidade, de acordo com a sua necessidade. Em Guarulhos, por exemplo, 30% da frota deixa de circular na segunda-feira. Em Mogi das Cruzes, a cidade adotará, inicialmente a partir de hoje, o horário de férias, com maior intervalo entre as viagens fora dos períodos de pico. Nos municípios atendidos apenas por linhas intermunicipais, como Salesópolis, a decisão cabe ao Estado.

Dependendo da evolução da pandemia, não está descartada a suspensão total do transporte municipal. “Os prefeitos se reuniram e a recomendação acordada, inicialmente, é para redução dos ônibus nas cidades para diminuir o número de pessoas nas ruas. Neste momento, a orientação é para que as pessoas permaneçam nas suas casas”, ressaltou o presidente do Condemat, Marcus Melo.

Em reunião online, os prefeitos também alinharam condutas para a região em outros segmentos, como o comércio. As feiras noturnas, por exemplo, estão suspensas em todas as cidades, mas as feiras livres – em espaços abertos – estão mantidas para garantir o abastecimento da população. Para os bares e restaurantes, a recomendação é reduzir o horário de funcionamento e limitar o público (inclusive com garantia de distanciamento de 2 metros entre as mesas), dando preferência aos serviços de entrega.

“Não é fácil colocar essas medidas em prática porque existe toda a questão econômica, mas elas são necessárias para resguardar e preservar a saúde da população”, argumentou o presidente do consórcio, que representa 12 cidades.

Os prefeitos também irão recomendar a suspensão dos cultos e missas presenciais, com orientação para transmissão online, o que será acordado com as autoridades da Igreja Católica e Núcleos de Pastores.  

As medidas restritivas alcançam também os velórios.  A recomendação é para redução do tempo de duração e limitação do número de pessoas nas salas.

“Cada cidade vai adotar as medidas dentro da sua realidade. No caso dos velórios, algumas estão reduzindo o tempo a 2 horas, enquanto outras a 4 horas, com limite de 10 pessoas nas salas”, explica o presidente Marcus Melo. “No caso das igrejas e templos, eles podem permanecer abertos para quem deseja fazer uma oração neste momento tão difícil, mas a recomendação é para que as missas e cultos sejam suspensos”, concluiu o presidente.   

Mais lidas

Venda de gás de cozinha, acima de R$ 70, está irregular e deve ser denunciada

Consumidor deve denunciar locais que vendam gás de cozinha com preço abusivo.O Procon de São Paulo orienta os...

Posto de gasolina de Arujá é investigado por maior fraude em operação estadual

Operação Olhos de Lince, do Ipem, multou 63 postos de gasolina no EstadoO Ipem (Instituto de Pesos e...

Colapso de leitos na Grande SP deve ocasionar lockdown em Arujá

Fechamento dos comércios não essenciais está mantido até o final do mêsO risco de Arujá entrar em lockdown...

3.129 famílias de Arujá receberão cesta básica a partir de amanhã

Famílias beneficiadas estão inscritas no programa Bolsa FamíliaTerá início nesta sexta-feira (15), por meio do projeto estadual Alimento...
- PUBLICIDADE -