PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Alto Tietê vai receber Festival Cultural e Econômico da África

Encontro reuniu empresários e representantes do poder público
Foto: Condemat
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Festival da África vai acontecer no Alto Tietê.

A direção do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) anunciou nesta sexta-feira (30/08) que a Região irá sediar um Festival Cultural e Econômico da África com o objetivo de fortalecer os laços de irmandade e explorar o potencial de negócios do Continente Africano.

A iniciativa se apoia no fato de mais da metade da população local (assim como do Brasil como um todo) ser afrodescendente e do Alto Tietê produzir praticamente tudo que os países da África importam hoje do mundo, de alimentos a veículos e medicamentos.

O anúncio do festival foi feito pelo presidente do Condemat, prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, no seminário que abordou as oportunidades de negócios do Continente Africano e o Acordo de Livre Comércio, numa realização em parceria com a AfroChamber – Câmara de Comércio Afro-Brasileira. O evento teve as presenças do vice-rei da Nigéria, Otunba Adekunle Aderonmu, e do cônsul do Egito em São Paulo, Mohamed Elktatib.  A expectativa é de que o evento seja realizado ainda neste ano.

“O festival do continente africano é o pontapé inicial para fortalecer essa relação cultural e comercial com a África, com quem temos laços de sangue e história. Estamos diante de uma grande oportunidade”, ressaltou o presidente Ashiuchi, ao lado dos prefeitos José Luiz Monteiro, de Arujá; Vanderlon Oliveira Gomes, de Salesópolis; e Fábia Porto, de Santa Isabel.

O Continente Africano é formado por 55 países e tem uma população de 1,5 bilhão de habitantes. Cresce a uma média de 3,5% ao ano (alguns dos seus países chegam a 15%) e uma das principais vantagens destacadas em relação ao Brasil está na localização. A distância para a circulação de produtos brasileiros é de sete dias, enquanto para outros países, com quem tem negócios, é de 25 dias.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE