PUBLICIDADE

Anvisa rejeita uso da Coronavac em crianças e adolescentes

Foto: Divulgação/Sinovac/Biotech
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Imunizante é aplicado na China no público dos três aos 17 anos

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) rejeitou, na noite desta quarta-feira (18), a aplicação da Coronavac em crianças e adolescentes. A vacina contra a covid-19, produzida em parceria do Instituto Butantan com o laboratório chinês Sinovac, segue autorizada apenas para adultos a partir dos 18 anos.

De acordo com os diretores da Anvisa, o Butantan precisa produzir estudos complementares e mais amplos para a validação da imunização para esse grupo. Apenas na China a Coronavac é utilizada para vacinar pessoas de três a 17 anos.

A diretoria da agência recomendou ainda que haja a aplicação da terceira dose da Coronavac para idosos e imunossuprimidos.

Por enquanto, no Brasil, apenas a vacina da Pfizer segue autorizada para proteger adolescentes de 12 a 17 anos.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE