PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Arrecadação da Prefeitura pode cair R$ 2 milhões em 2022 por causa da pandemia

Foto: Prefeitura de Arujá
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Câmara de Arujá analisa o projeto da Lei das Diretrizes Orçamentárias do próximo ano

Arujá corre o risco de perder até R$ 2 milhões em receita no próximo ano. A ameaça de queda na arrecadação pode ocorrer, segundo a Prefeitura, por conta de ‘fatores macroeconômicos” – o principal deles a pandemia da covid-19 – cujos impactos negativos sobre a economia deverão se estender.

A informação consta no projeto de lei das Diretrizes Orçamentárias de 2022, que está em análise na Câmara de Arujá. Ali também a Prefeitura aponta medidas para minimizar os impactos de uma possível de redução de recursos como a constituição da reserva de contingência, no valor de R$ 1,5 milhão, e a limitação de empenho, que deverá chegar a R$ 2,3 milhões.

Apesar da crise econômica provocada pela covid-19 desde o início da pandemia em março de 2020, Arujá registrou bom desempenho na área financeira graças, principalmente, à transferência de dinheiro para enfrentamento do novo coronavírus.

A previsão inicial de arrecadação em 2020 que era de R$ 298,2 milhões chegou a R$ 314 milhões – um resultado positivo de 5,37%. Em 2021, no entanto, a receita não deverá ultrapassar R$ 295 milhões, uma queda de 0,98% em relação a 2020.

Arujá deverá arrecadar cerca de R$ 319 milhões no próximo ano, conforme estimativa da Prefeitura.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE