PUBLICIDADE

Arujá adere ao “passaporte da vacina”

Foto: Master1305/Freepik
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Pessoas devem mostrar que foram imunizadas contra o coronavírus

Em decreto publicado nesta segunda-feira (23), o prefeito de Arujá, Luís Camargo (PSD), recomendou que restaurantes, bares, cafés, lanchonetes, academias, museus, cinemas, teatros e shows (com público sentado) exijam comprovante de vacinação contra o coronavírus dos frequentadores.

Os clientes devem ter recebido, ao menos, uma dose do imunizante contra a covid-19.

A carteira de vacinação poderá ser exibida pelo aplicativo APP Conecte SUS Cidadão.

Além do “passaporte da vacina”, a Prefeitura liberou o funcionamento de todos os segmentos sem restrição de ocupação ou horário. Apesar disso, ainda será necessário utilização de álcool em gel e distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE