PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Arujá registra aumento de vagas de trabalho em março

Foto: Pch.vector/Freepik
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Proibição de atendimento presencial não causou desemprego

O enrijecimento do Plano São Paulo em março, com suspensão do atendimento presencial nos restaurantes, salões de beleza e demais serviços, em Arujá, não ocasionou aumento do desemprego na cidade. De acordo com o Novo Caged, do Ministério da Economia, foram gerados 184 mil vagas de trabalho em todo o país no mês passado. Destes, 139 foram em Arujá.

Apesar da proibição do atendimento presencial, houve crescimento de 72 vagas em março nos comércios, 67 na indústria e 49 em serviços. No geral, a cidade registrou 1.058 admissões e 827 desligamentos.

Em 2021, o saldo é positivo em Arujá, já que foram criados 227 postos em janeiro e 231 em fevereiro. O último mês com déficit no município foi dezembro, com 114 vagas a menos.

O curioso no retrato de março, segundo o Caged, em Arujá, se considerado apenas o público feminino, o superávit foi de 17 empregos. Já entre os homens, o saldo é positivo em 122.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE