PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Câmara anuncia redução da cesta natalina dos servidores

Imprensa/CMA

PUBLICIDADE

Após pressão, Legislativo desiste de pagar R$ 1,3 mil a cada funcionário.

O vereador e presidente da Câmara de Arujá Reynaldo Gregório Junior (PTB), o Reynaldinho, anunciou durante a sessão ordinária de 27 de novembro a redução do valor da cesta natalina dos servidores da Câmara de Arujá de R$ 1300 para R$ 349. A decisão se deveu, segundo o líder legislativo, à pressão popular e foi tomada em consenso com os demais parlamentares. Ao todo, 68 funcionários efetivos e comissionados da Casa de Leis têm direito à cesta. Vereadores não recebem o benefício.

“Houve uma pressão por parte da sociedade e esta Casa, atenta às demandas populares, entendeu por bem reduzir o valor da cesta natalina tomando por base uma média regional”, esclareceu Reynaldinho.

A cesta natalina é um direito do servidor previsto em lei desde 2007, tendo sido regulamentado pelo Legislativo em 2016. Pago em pecúnia (dinheiro), vem sendo revisado anualmente de acordo com a disponibilidade financeira do Poder Legislativo e previsão de impacto orçamentário. A decisão não é submetida ao plenário, ou seja, não depende de aprovação da maioria dos vereadores.

Polêmica

Por meio das redes sociais e também de abordagem direta a vereadores e funcionários da Câmara Municipal, munícipes de Arujá se manifestaram contrários ao pagamento do valor de R$ 1.300. “A Câmara entendeu o recado dos cidadãos de Arujá e tomou as providências para redução do valor. No entanto, não havia qualquer ilegalidade no ato”, reforçou o Presidente.

Com a edição do Ato da Mesa nº 620, diminuindo o valor da cesta natalina, Reynaldinho acredita que o Legislativo deu uma resposta contundente à sociedade. “É importante que as pessoas percebam que Câmara não se fez e não se faz de surda diante do clamor popular e que o objetivo do pagamento é garantir o direito dos trabalhadores e trabalhadoras da Casa”, finalizou.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE