13.6 C
Nova Iorque
sábado, outubro 31, 2020
Error: Embedded data could not be displayed.
Início Política Câmara de Arujá absolve José Luiz Monteiro e Márcio Oliveira
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Câmara de Arujá absolve José Luiz Monteiro e Márcio Oliveira

- PUBLICIDADE -

Veja como votou cada vereador no julgamento do processo de impeachment

A Câmara de Arujá arquivou o processo de impeachment do prefeito José Luiz Monteiro (MDB) e do vice Márcio Oliveira (Republicanos) na noite desta quinta-feira (24). A dupla foi denunciada por falta de decoro pelo vereador Renato Caroba (PT) por conta das denúncias da Operação Soldi Sporchi, da Polícia Civil de Guarulhos, que investiga envolvimento de traficantes e contratos da Prefeitura.

A juíza Patrícia Padilha, do Fórum de Arujá, emitiu liminar direcionada ao presidente da Comissão Processante, Abelzinho Larini (PL), para suspender o processo, justamente no último dia para ser votado. O presidente do Legislativo, Gabriel dos Santos (PSD), queria acatar o mandado de segurança, mas foi impedido por pressão de vários vereadores. Durante a tarde, a Procuradoria da Câmara orientou Gabriel a não acatar a liminar.

Gabriel colocou o tema em votação e a maioria dos parlamentares concordou em dar andamento ao julgamento. O relator Júlio do Kaikan (Pros) apresentou parecer favorável ao impeachment do prefeito e vice. Ele citou uma suposta reunião da dupla com o traficante Anderson Lacerda, que foi citada em reportagem do Fantástico.

Caroba declarou publicamente apoio à cassação, já que José Luiz e Márcio “desrespeitam a população”. Ele argumentou que nenhum agente público foi afastado apesar das denúncias de irregularidades na gestão. Por decreto federal, o vereador do PT teve que deixar o plenário por ser o denunciante. O suplente Divinei da Silva (PL) foi convocado, mas não compareceu.

José Luiz e Márcio sequer apresentaram suas defesas na sessão de julgamento. Na votação, a maioria dos parlamentares (oito) votou pelo afastamento do prefeito e do vice. Era necessário que 10 vereadores tivessem esse entendimento, o que não foi atingido por causa de cinco abstenções. O vereador Marcelo Oliveira (Republicanos), irmão de Márcio, deixou o plenário assim que o julgamento teve início.

Agentes públicos de Arujá, entre os quais José Luiz e Márcio, seguem investigados pela Polícia Civil. Mas devem concluir o mandato em 31 de dezembro.

Confira como cada vereador votou:

Abelzinho Larini (PL) – abstenção

Ana Poli (PL) – a favor do impeachment

Castelo Alemão (PTB) – a favor do impeachment

Cris do Barreto (PSD) – a favor do impeachment

Edimar de Jesus (Republicanos) – abstenção

Gabriel dos Santos (PSD) – abstenção

Júlio do Kaikan (Pros) – a favor do impeachment

Marcelo Oliveira (Republicanos) – faltou

Paraíba Car (Republicanos) – a favor do impeachment

Paulinho Maiolino (PSD) – a favor do impeachment

Professor Edval (PSDB) – abstenção

Rafael Laranjeira (Rede) – a favor do impeachment

Reynaldinho (PTB) – abstenção

Rogério da Padaria (PDT) – a favor do impeachment

Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

Venda de gás de cozinha, acima de R$ 70, está irregular e deve ser denunciada

Consumidor deve denunciar locais que vendam gás de cozinha com preço abusivo. O Procon de São Paulo orienta os...

Posto de gasolina de Arujá é investigado por maior fraude em operação estadual

Operação Olhos de Lince, do Ipem, multou 63 postos de gasolina no Estado O Ipem (Instituto de Pesos e...

Confira os feriados e pontos facultativos em Arujá em 2020

Aniversário de Arujá e Corpus Christi caem na mesma semana. Após dois feriados seguidos, de Natal e Ano-Novo, nem...

Colapso de leitos na Grande SP deve ocasionar lockdown em Arujá

Fechamento dos comércios não essenciais está mantido até o final do mês O risco de Arujá entrar em lockdown...
- PUBLICIDADE -