PUBLICIDADE

Câmara de Arujá organiza seminário sobre enfrentamento à violência doméstica

Foto: Imprensa/CMA
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

“Sofreu violência doméstica? Não se cale” é o tema do evento que será aberto ao público

Na próxima terça-feira (31/8), a partir das 14h, a Câmara de Arujá realizará o Seminário: Sofreu violência doméstica? Não se cale! como atividade de encerramento do Agosto Lilás. A campanha foi criada inicialmente pela Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres do governo Estado do Mato Grosso do Sul com o objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha – sancionada em 7 de agosto de 2006 – mas já se espalhou por todo o Brasil. Leia matéria completa aqui.

Em Arujá, o Agosto Lilás está sendo encabeçado pela vereadora Cristiane Araújo Pedro de Oliveira (PSD), a Profª Cris do Barreto, vice-presidente do Legislativo e única mulher entre os 15 parlamentares. “Assumimos essa bandeira porque a violência doméstica é um problema social que afeta milhares de mulheres no Brasil e no mundo e impacta de forma negativa a vida da família e de toda sociedade. Não pode ser ignorado”, salientou.

A proposta é que o Agosto Lilás se torne uma campanha permanente em Arujá. Um dos principais objetivos é fortalecer e divulgar a rede de atendimento à mulher em situação de violência.

Programação

O Seminário, previsto para 31/8, prevê a realização de seis palestras que discutirão desde o ciclo de violência, o papel das instituições no combate à violência, a função das Delegacias Especializadas até como a mulher pode se livrar de um relacionamento abusivo e recomeçar.

A atividade  terá a participação do prefeito Luís Antonio de Camargo, da vereadora Cris do Barreto e da presidente do Fundo Social, Clau Camargo – os três farão a abertura –  além de outras autoridades e profissionais especializadas no assunto entre as quais a delegada titular da Delegacia da Mulher de Arujá, Vanessa Torres Azevedo Chagas; a advogada Eliana Elias; a secretária municipal de Assistência Social, Marina Bernardo da Costa Antônio; a psicóloga Camila Britto da Silva; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDC), Regina Ávila e as Guardas Civis Municipais, Fabiana Silva e Giséle Lucena.

Confira a programação completa:

Seminário: Sofreu violência doméstica? Não se cale!

Abertura

Luís Antonio de Camargo – Prefeito

Vereadora Cristiane Araújo Pedro de Oliveira, Profª Cris do Barreto

Vice-Presidente da Câmara de Arujá

Clau Camargo

Presidente do Fundo Social de Solidariedade

Palestras

Violência doméstica: como prevenir?

Eliana Elias – advogada

Delegacias especializadas: estratégia para o enfrentamento à violência contra as mulheres

Vanessa Torres Azevedo Chagas – Delegada Titular da Delegacia da Mulher de Arujá

Aplicativo 153: A atuação da GCM de Arujá no combate à violência doméstica

Fabiana Silva e Giséle Lucena – Guardas Civis Municipais

Rede de Assistência à mulher em situação de violência

Marina Bernardo da Costa Antônio – Secretária Municipal de Assistência Social

O que é o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher?

Regina Ávila – Presidente do CMDM

Identificando o ciclo da violência – como se livrar de relações emocionalmente doentias.

Camila Britto da Silva – psicóloga

Encerramento: 

Profª Vereadora Cris do Barreto

Todo o evento será transmitido ao vivo pelo canal oficial do Legislativo no YouTube

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE