PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Câmara promete pressionar Prefeitura para evitar reajuste da tarifa

Prefeitura de Arujá

PUBLICIDADE

Viação Arujá cobra 18% de reajuste na tarifa de ônibus neste início de ano.

O presidente da Comissão de Serviços Públicos da Câmara de Arujá, Rafael Laranjeira (PSD), informou que o Legislativo deve pressionar a Prefeitura para evitar o reajuste da tarifa de ônibus. Nesta terça-feira, a Viação Arujá solicitou ao prefeito José Luiz Monteiro (MDB) que o preço da passagem suba de R$ 4,50 para R$ 5,32, ou seja, 18% neste ano.

A definição da tarifa é uma incumbência do Executivo, ou seja, não depende de aprovação do Legislativo. Apesar disso, Laranjeira acredita que a pressão da população, aliado aos pedidos dos vereadores, podem ajudar para que o aumento não seja concedido. “Já temos uma passagem mais cara do que a Capital e o serviço deixa a desejar, principalmente nas zonas rurais e nos horários noturnos”, critica.

Segundo o vereador, a Viação Arujá dá lucro, já que fatura mais de R$ 40 mil por dia. Ele é contrário, também, à hipótese de a Prefeitura aumentar o subsídio às empresas para impedir o aumento. “A Prefeitura já dá os subsídios necessários, como o Passe Livre. Não tem que tirar dinheiro de outras áreas”, diz.

Procurado via assessoria de imprensa, Monteiro informou que o assunto ainda está sendo discutido e a Prefeitura irá se pronunciar assim que tiver uma posição definida.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE