26.5 C
Arujá
quarta-feira, junho 16, 2021
InícioPolíticaCâmara vai absolver prefeito e vice de Arujá no processo de impeachment
- PUBLICIDADE -

Câmara vai absolver prefeito e vice de Arujá no processo de impeachment

- PUBLICIDADE -

Julgamento na Câmara terá início nesta quinta-feira, às 15h

O prefeito de Arujá, José Luiz Monteiro (MDB), e o vice-prefeito Márcio Oliveira (Republicanos), devem ser inocentados da denúncia de falta de decoro, nesta quinta-feira (15), em sessão na Câmara que irá julgar a cassação da dupla. A acusação foi proposta pelo vereador Renato Caroba (PT), após a Operação Soldi Sporchi, da Polícia Civil de Guarulhos, encontrar ligação entre traficantes e contratos públicos da Prefeitura.

A Comissão Processante, que tem como membros os vereadores Abelzinho Larini (PL), Júlio do Kaikan (Pros) e Professor Edval (PSDB), concluíram hoje o parecer da denúncia, após quase três meses de oitivas. Eles não receberam os documentos da Soldi Sporchi da Polícia Civil, um dos argumentos pela “falta de provas” de envolvimento de José Luiz e Márcio nos crimes investigados.

O parecer do relator Júlio, que será apreciado amanhã pelo plenário do Legislativo, orienta a cassação do prefeito e do vice. Caroba, que é o autor da denúncia, é proibido de votar. No lugar dele será convocado um suplente do PL.

Em depoimentos à CP, José Luiz e Márcio negaram envolvimento com irregularidades. O prefeito justificou que instituiu uma sindicância para averiguar as denúncias divulgadas pela mídia. Já o vice, que chegou a ser detido por 12 dias pela Soldi Sporchi, ressaltou que está rompido politicamente com o prefeito e, por isso, não tem ligação com a atual gestão.

O Arujá Repórter conversou com alguns vereadores, que confirmaram que o clima é de otimismo pela absolvição da dupla. Para que o prefeito e o vice sejam cassados, é preciso que 10 dos 15 parlamentares aceitem um parecer com esse texto. Hoje, a expectativa é que no máximo oito se disponham a isso.

Como será o julgamento

De acordo com o Decreto-Lei nº 201/67, cada vereador poderá dar sua opinião sobre o caso em 15 minutos. Depois, José Luiz e Márcio – ou os respectivos advogados – terão duas horas para produzir a defesa oral.

A sessão será transmitida ao vivo pelo canal oficial da Câmara Municipal no YouTube. Caso não seja possível concluir a votação nesta quinta-feira, os trabalhos podem ser suspensos e retomados na sexta-feira (25).

VEJA TAMBEM...

Siga o Arujá Reporter

12,894FãsCurtir
48SeguidoresSeguir
35InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Mais lidas

- PUBLICIDADE -