PUBLICIDADE

Clínica de Arujá atende pelo menos um caso de trauma ocular por semana

Foto: Divulgação
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Batidas, fagulhas e substâncias diversas que atingem os olhos e o que você precisa saber em casos assim

Pelo menos uma vez por semana um caso de emergência de trauma ocular é atendido no consultório da médica oftalmologista, Adriana Paschoal, em Arujá. Entre as situações mais comuns relatadas pelos pacientes estão acidentes de trabalho, que culminam em ferimentos nos olhos. Casos assim exigem atenção imediata.

Até 2 milhões de pessoas em todo mundo perdem a visão anualmente por conta de traumas oculares, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Entre pancadas , e pedaços de objetos que atingem os olhos, o importante é cuidar do ferimento, e evitar prejuízos à visão.

“Em caso de trauma ocular, independente do grau, é muito importante que haja uma avaliação feita por um oftalmologista. Esse tipo de lesão costuma causar dor, mas mesmo em caso da presença de incômodo, ainda assim é preciso procurar um médico.

A conduta no consultório é de avaliação, limpeza, retirada de possíveis corpos estranhos e medicação. Muitas vezes é necessário que o paciente seja acompanhado nos próximos dias, para que seja avaliada a evolução de seu caso, segundo a médica.

Acidentes com crianças

Mais suscetíveis a acidentes oculares, o cuidado com as crianças deve ser redobrado, mas em caso de acidentes, é necessário orientar a criança a não coçar os olhos, evitando a possibilidade de piora no quadro. A busca por um oftalmologista pediátrico deve ser imediata.

“Recentemente atendi uma criança de nove anos que teve uma pequena lesão causada por um cãozinho de estimação, que acidentalmente bateu a pata em seu rosto. A mãe imediatamente trouxe a criança para uma avaliação médica. Enfim, foi uma situação imprevisível que felizmente acabou bem, graças a cuidado e rapidez da mãe”, finalizou Adriana.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE