PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Coronavac vai para a etapa final antes do registro

Foto: Governo do Estado de São Paulo

PUBLICIDADE

Instituto Butantan e Sinovac vão enviar relatório para Comitê Internacional

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, anunciou na tarde desta segunda-feira (23) que o estudo da fase 3 da Coronavac atingiu o número mínimo de infectados para que possa ser dado andamento à regularização do imunizante contra o coronavírus.

O estudo clínico apontou 74 infecções pela covid entre os voluntários. Agora, o instituto e a empresa chinesa Sinovac vão avaliar as características das infecções – quantas pessoas receberam a vacina e quantas placebo.

O Comitê Internacional que avalia as vacinas deve receber o relatório final sobre a viabilidade da Coronavac na próxima semana. Após a aprovação do texto, a Anvisa poderá liberar o imunizante para que se tenha início a vacinação contra covid-19 no Brasil.

Até o final do ano, o Butantan terá disponibilidade de 46 milhões de doses da vacina, o que é suficiente para proteger 23 milhões de pessoas.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe

Veja também

SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE