PUBLICIDADE

Corregedoria inicia projeto-piloto de audiências de custódia virtuais em Arujá

Foto: Prefeitura de Arujá
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Procedimento deve agilizar oitivas de presos

A Corregedoria Geral da Justiça de São Paulo instaurou o projeto-piloto de audiências de custódia virtuais na sede da Circunscrição Judiciária de Guarulhos, que também abrange as comarcas de Arujá, Santa Isabel e Mairiporã.

O objetivo da Corregedoria é agilizar o procedimento de oitivas de presos e que a realização das audiências de custódia segue orientações do TJSP já existentes para as demais audiências virtuais e de custódia presenciais.

Com a mudança, ao invés de presos serem encaminhados até o fórum, escoltados, eles participam de entrevista diante do juiz na delegacia, onde também podem fazer corpo de delito. Eles ainda podem conversar com advogados ou defensores. O procedimento agiliza o processo para que o suspeito seja solto ou tenha a prisão preventiva decretada.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE