PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Delegacia da Mulher de Arujá será inaugurada na próxima segunda-feira

Foto: Rodrigo Sitta/PMA
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Distrito irá investigar casos que infrinjam as mulheres, como violência doméstica e feminicídio

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Arujá será inaugurada nesta próxima segunda-feira (22), às 16h, no prédio ao lado da Delegacia de Polícia, na Praça Bartolomeu Bueno, n º 7, Centro.

A inauguração, que será virtual em razão da pandemia, contará com a presença do prefeito Luis Camargo, dos secretários municipais de Segurança, Washington Luis Beolchi Adami, e de Assuntos Jurídicos, Marcos Regueiro, além do delegado seccional de Guarulhos, José Severo, do delegado titular da Polícia Civil de Arujá, Marcel Druziani, e da delegada que chefiará a DDM de Arujá, Vanessa Chagas. É esperada a presença, de forma remota, do governador João Doria (PSDB) na solenidade.

Segundo Camargo, a construção da unidade em defesa da mulher na cidade é especialmente importante por ser uma reivindicação antiga dos munícipes e, ainda, por ser um instrumento imprescindível para acolher e auxiliar as mulheres em caso de necessidade.

“É um equipamento de extrema importância às vítimas da violência doméstica e também fora de casa e, além disso, é uma luta antiga e uma grande vitória para todos nós. O que se tinha em mente, antigamente, era tão somente a Sala Rosa e agora conseguimos a implantação efetiva da Delegacia, com uma delegada titular que atenderá exclusivamente esses casos específicos. Então, para nós, essa é uma grande conquista”, afirmou.

Para Druziani, delegado titular do Distrito Policial (DP) de Arujá, trata-se de um avanço muito grande para a cidade, em relação ao atendimento da mulher, em uma unidade especializada como a DDM, e também no combate aos delitos praticados contra o público feminino, que tanto afetam a sociedade de forma geral.

“Nesses anos todos de polícia, a gente tem acompanhado e trabalhado muito para que essa violência acabe ou seja, ao menos, minimizada. A DDM, agora com o trabalho de todos, do Delegado Geral também, será instalada. Vai ser muito útil para a comunidade de Arujá e, em especial, para as mulheres vítimas da violência. Agradecemos o prefeito que, muito entusiasmado, tem nos auxiliado, não medindo esforços para que essa delegacia se tornasse realidade”, destacou.

Vanessa, a delegada que assumirá como titular da DDM de Arujá, enfatizou a importância do município poder contar com o serviço especializado que será prestado na unidade em favor, principalmente, das vítimas de violência doméstica.

“Infelizmente, é um crime que é uma realidade muito constante na nossa sociedade. Importante informar que a DDM tem a atribuição de atender as pessoas que se identifiquem com o gênero feminino. Após a inauguração nessa segunda-feira, passaremos a atender de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas e me coloco à disposição de Arujá para acolher as vítimas da forma que elas merecem”, finalizou.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE