26.5 C
Arujá
quinta-feira, fevereiro 25, 2021
Início Cidade Dengue avança em Arujá e chega a 161 casos

Dengue avança em Arujá e chega a 161 casos

- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Em 2018, a cidade teve apenas uma pessoa infectada pela doença.

A expansão da dengue tem preocupado as autoridades de Arujá. Enquanto no ano passado a cidade registrou apenas um caso da doença, neste ano já foram confirmadas 161 pessoas infectadas pela doença, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Não houve nenhuma morte por dengue no município.

A dengue é transmitida pelo mosquito aedes aegypti, também vetor da chikungunya e zika. As duas doenças, entretanto, não tiveram registros em Arujá até o início de setembro. A chikungunya teve somente um caso importado de outro município no ano passado.

Em nota, a Secretaria de Saúde informou que realiza diversas atividades para o combate e o controle do aedes aegypti dengue, entre elas: nebulização (aplicação de inseticida), bloqueios e vistoria de imóveis, coleta de pneus e inservíveis possíveis de serem ou tornarem-se criadouros; o aumento no número de agentes de combate à dengue, que chegará a 30, e instalação de faixas de alerta às comunidades com casos registrados.

De acordo com a Prefeitura, somente no primeiro quadrimestre, por exemplo, foram 150 telas de caixa d’água instaladas/entregues a moradores, 10 mil vistorias a imóveis, toneladas de pneus recolhidos em borracharias, terrenos e vias públicas (a média é de 15 toneladas mês) e 3 toneladas de inservíveis retirados de quintais.

“O maior objetivo destas ações é conscientizar a população para os cuidados adequados. É fundamental que ela esteja bem esclarecida sobre os dados reais da situação epidemiológica da dengue no município e faça a parte dela”, informou a pasta. 

Error: Embedded data could not be displayed.

VEJA TAMBEM...

Siga o Arujá Reporter

12,894FãsCurtir
48SeguidoresSeguir
35InscritosInscrever
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

- PUBLICIDADE -