PUBLICIDADE

Divórcios crescem 185% em Arujá no primeiro semestre

Foto: Agência Brasil
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Aumento ocorreu em quase todas as cidades do Alto Tietê

Levantamento do Colégio Notarial do Brasil (CNB-SP) revela que o número de divórcios em Arujá, entre janeiro e junho deste ano, em comparação com o mesmo período de 2020, subiu 185%.

Nos seis primeiros meses do ano passado ocorreram sete separações na cidade, enquanto no primeiro semestre de 2021 foram 20 ocorrências.

Quase todas as cidades do Alto Tietê tiveram aumento nos divórcios, exceção de Biritiba Mirim e Guararema.

Em entrevista ao G1, o tabelião de notas Arthur Del Guercio Neto, de Itaquaquecetuba, avaliou que o desemprego em ascensão, aliado aos efeitos psicológicos da pandemia do coronavírus, influenciaram no fim de vários relacionamentos.

Os divórcios extrajudiciais, realizados em cartório, precisam que haja consenso entre as partes. Se não houver acordo, o rompimento é oficializado apenas no Judiciário.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE