PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Doria ameaça mandar prender quem não ficar em isolamento

Governo do Estado de São Paulo

PUBLICIDADE

Menos da metade dos paulistas adere à quarentena.

Em entrevista à Rede Globo, na noite desta quinta-feira (9), o governador João Doria (PSDB) informou que vai avaliar, até domingo (12), se cresce a adesão ao isolamento domiciliar. Caso o índice de pessoas em casa não suba para 60% da população, ele vai determinar, na segunda-feira (13), a prisão de pessoas que participem de aglomerações.

O governo monitora, por intermédio dos celulares, a circulação dos paulistas. O índice de circulação chegou a 59%, mas caiu para 49% ontem. A Secretaria de Estado da Saúde informa que é preciso atingir a marca de 70% de pessoas em isolamento social para que o sistema de saúde não entre em colapso.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE