PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Doria entrega hospital de campanha de Itaquaquecetuba

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Unidade disponibiliza 60 leitos no Alto Tietê

O governador João Doria (PSDB) participou, nesta quarta-feira (21), da entrega do hospital de campanha de Itaquaquecetuba, na região metropolitana da capital. A unidade municipal receberá investimentos de R$ 2,68 milhões do Governo do Estado e atenderá pacientes com covid-19 dos municípios do Alto Tietê.

“Este hospital estará operando a partir de amanhã, 22 de abril. Amanhã começa a operação e o atendimento dentro dos critérios estabelecidos pela Secretaria de Saúde do Estado e pelo município”, disse o governador.

“Vamos ter um total de 170 profissionais de saúde, enfermeiras, médicos e fisioterapeutas que estarão neste hospital de campanha de Itaquá. E, além dos hospitais, continuamos no fornecimento de vacinas do Instituto Butantan e, no próximo dia 3 de maio, recomeçamos a entrega de vacinas para o Ministério da Saúde”, acrescentou Doria.

O hospital foi instalado no ginásio municipal Sumiyoshi Nakahadara. O pleno funcionamento da unidade prevê 20 leitos de enfermaria e 40 vagas de suporte ventilatório. Com atendimento 24 horas, a unidade vai funcionar em um espaço de 540 m² com farmácia, laboratório, dois ambulatórios médicos, setor de radiografia, aparelho de diálise e tomógrafo.

Os recursos do Governo do Estado vão custear os próximos 90 dias de funcionamento do hospital e devem ser pagos em três parcelas. A Prefeitura de Itaquaquecetuba investiu R$ 1,5 milhão para a instalação da unidade.

“Este é mais um investimento da Saúde do Alto Tietê. Neste ano, reforçamos a assistência aos pacientes de covid-19 na região com a ampliação de leitos nos hospitais estaduais localizados nas cidades de Guarulhos, Mogi das Cruzes, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

O Governo do Estado tem 12 hospitais de campanha próprios para garantir a assistência nesta segunda onda da pandemia.

Duas unidades foram instaladas na capital: Hospital São José, na zona norte, e Santa Cecília, na região central. Outras seis unidades entraram em operação nos AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) de Andradina, Barretos, Botucatu, Campinas, Sorocaba e Itapeva.

O Governo do Estado também reativou o hospital de campanha de Heliópolis, na zona sul da capital, e converteu o AME de Franca. Também estão em funcionamento as unidades no Hospital Estadual de Bebedouro e em Bauru.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE