26.5 C
Arujá
sexta-feira, novembro 27, 2020
Início Brasil Dutra é a segunda rodovia mais perigosa do Brasil
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Dutra é a segunda rodovia mais perigosa do Brasil

- PUBLICIDADE -

BR-116 tem pedágio no trecho de Arujá.

De todas as rodovias federais que cortam o país, duas delas, a BR-116 (rodovia Presidente Dutra) e a BR-101 (Translitorânea) são as que registraram o maior número de acidentes com mortes em 2018. É o que mostra um levantamento elaborado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) lançado hoje (19).

De acordo com o Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários, em 2018, foram registradas 649 mortes na BR-116 e 615 mortes na BR-101. Somadas, as duas rodovias concentram 24% das 5.269 mortes ocorridas em todas as rodovias federais.

Na sequência aparecem no ranking de mortes a BR-153 – também conhecida como Belém-Brasília-, com 257 mortes. Depois vem a BR-364, que começa em Limeira (SP) e vai até o Acre, com 201. A BR-381 completa a lista das cinco primeiras. Saindo do Espírito Santo e indo até São Paulo, a rodovia registrou 195 mortes em 2018.

A BR-116 é ao lado da BR-101 um dos principais eixos rodoviários do país. Saindo do Ceará e terminando no Rio Grande do Sul, ela corta, no total, dez estados, totalizando 4.486 quilômetros (km) de extensão. Com 4.650 km de extensão, a BR-101 sai do município de Touros, no Rio Grande do Norte, e termina em São José do Norte, no Rio Grande do Sul.

As duas rodovias também apresentam o maior número de vítimas de acidentes (com e sem mortes), em relação às demais. Segundo o levantamento, em 2018, foram registrados 8.896 acidentes na BR-101 e 7.524 na BR-116. O número representa 30,4% dos 53.963 acidentes com vítimas ocorridos no Brasil em 2018.

Em relação aos acidentes com vítimas em 2018, completam o ranking a BR-381, que aparece em terceiro lugar com 2.675 acidentes; seguida da BR-040, que registrou 2.606 acidentes, e da BR-153, com 2.176.

Segundo o levantamento, ao se considerar a extensão das rodovias federais, o Brasil registra 82 acidentes com vítimas a cada 100 quilômetros (km). As regiões Sul e Sudeste lideram esse ranking; com 135,6 e 130,7 ocorrências a cada 100 km, respectivamente. Em seguida, estão o Nordeste, com 57,1 acidentes por 100 km; o Centro-Oeste, com 56,2; e o Norte, com 35,4.

Error: Embedded data could not be displayed.

VEJA TAMBEM...

- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

Bolsonaro zera imposto para remédio milionário que pode beneficiar guarulhense

Pais de Luiz Otávio buscam arrecadar R$ 9 milhões em campanha para curar o filho que sofre com atrofia muscular espinhal

Caixa paga hoje auxílio emergencial a 3,6 milhões de beneficiários

Até agora, já foram creditados R$ 3,2 bilhões a 4,9 milhões de pessoas.  A Caixa Econômica Federal paga hoje...

Poupatempo retoma atendimento presencial na próxima semana

Haverá prioridade para os casos de emergência, como emissão de RGs Os postos do Poupatempo vão retomar as atividades...

Guarulhos libera alguns comércios a abrirem a partir desta quarta-feira

Em Arujá, comércios não essenciais seguem fechados até 10 de maio. Em live no Facebook, nesta terça-feira (21), o...

São Paulo retoma e amplia rodízio de veículos para conter coronavírus

Mudança entra em vigor na capital paulista na próxima segunda-feira. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou hoje...
- PUBLICIDADE -