PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Estado de SP vai receber 4 milhões de doses extras da vacina Coronavac

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Lote extra será distribuído neste mês a todos os municípios paulistas para agilizar Plano Estadual de Imunização

O governador João Doria (PSDB) confirmou nesta quarta-feira (7) que São Paulo vai receber mais 4 milhões de doses prontas da vacina Coronavac para agilizar o PEI (Plano Estadual de Imunização) contra a covid-19 nos 645 municípios paulistas. O lote extra começa a ser entregue já nesta quarta, com a chegada de 2,7 milhões de doses no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

“O Governo de São Paulo compra, adicionalmente, 4 milhões de doses extras para agilizar a campanha de vacinação no estado”, afirmou Doria. “Vamos antecipar o calendário de vacinação em São Paulo sem interferir no contrato do Instituto Butantan com o Brasil”, acrescentou.

A chegada das 4 milhões de doses extras para São Paulo foi viabilizada pela Secretaria de Saúde após acordo entre o Governo do Estado e a biofarmacêutica Sinovac. A segunda remessa com 1,3 milhão de vacinas deve ser entregue no próximo dia 26. As tratativas para a aquisição destas doses extras foram iniciadas em março deste ano.

O reforço no total de vacinas contra o coronavírus em São Paulo é mais uma garantia que o PEI será cumprido. A meta é que toda a população adulta dos 645 municípios paulistas esteja protegida com ao menos uma dose até o dia 15 de setembro, com possibilidade de antecipação conforme a disponibilidade de imunizantes.

Sem a necessidade de produção e envase na fábrica do Butantan, a campanha de imunização em São Paulo ganha mais velocidade com as 4 milhões de doses prontas que chegam neste mês.

Os imunizantes poderão ser usados pelas Prefeituras tanto para completar os ciclos vacinais de duas doses, como para a ampliação do público de primeira dose.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE