PUBLICIDADE

Estado recua em flexibilização e amplia fase de transição até 14 de junho

Foto: Prefeitura de Arujá
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Comércios podem atender com até 40% de ocupação

Diante do aumento de infecções por coronavírus nas últimas duas semanas, o governador João Doria (PSDB) decidiu prorrogar a Fase de Transição do Plano São Paulo até 14 de junho em todos os municípios paulistas, o que inclui Arujá. A maior flexibilização, a partir de 1º de junho, foi descartada. As regras seguem iguais, com permissão de funcionamento dos estabelecimentos até 21h, com até 40% de ocupação.

A expectativa do Estado era permitir ocupação de 60% dos espaços, com horário até 22h. O risco de uma terceira onda de infecções pela covid-19 fez com que os especialistas do Centro de Contingência do Coronavírus orientassem que não houvesse flexibilização das normas de biossegurança.

De acordo com Doria, os indicadores da pandemia alertam cautela. O governador participou de coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (16), no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista. O toque de recolher está mantido das 21h às 5h.

A secretária estadual de Desenvolvimento Econômica, Patrícia Ellen, avalia que as flexibilizações possam acontecer na segunda semana de junho. Para isso, a estratégia é aumentar o monitoramento de contatos, com um milhão de testes rápidos.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE