PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Estudantes da rede municipal conquistam medalhas em olimpíada de astronomia

Prefeitura de Arujá

PUBLICIDADE

Alunos da Escola Municipal Professora Dalila Franco Garcia da Silva encheram os professores de orgulho.

Quatro arujaenses da rede municipal de ensino foram medalhistas na 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) 2019. Os participantes são da Escola Municipal Professora Dalila Franco Garcia da Silva.

Cursando o 5º Ano B, Thallys Camargo Diniz faturou ouro, e seu colega Lucas da Silva Oliveira, do 5º Ano C, conquistou a prata. No 3º Ano B, Paulo Henrique Viana Maciel e Lucas Oliveira da Silva, ambos medalha de prata.

A premiação dos alunos ocorreu nesta semana, na própria escola, com a presença das professoras dos alunos, da assistente de direção Andréia Ferreira da Costa, Malu Paulino e Elis Angela Aparecida Rossi, do núcleo pedagógico, e vereadora Ana Poli.

Além de unidades de ensino particular e da Escola Municipal Professora Dalila Franco Garcia da Silva, a Etec Profª Luzia Maria Machado teve um estudante premiado pela OBA.

A Olimpíada tem o objetivo de difundir o conhecimento e fomentar o interesse dos jovens pela astronomia, astronáutica e demais ciências, sendo realizada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em todo o país desde 1.998.

OBA  

 A OBA é uma iniciativa aberta à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, para alunos do primeiro ano do ensino fundamental até aos do último ano do ensino médio. A olimpíada acontece dentro das próprias unidades escolares, com participação voluntária dos alunos.

A prova é realizada anualmente e consiste em um número variável de questões. Nos últimos anos, uma das perguntas de astronomia tem envolvido uma atividade prática/observacional a ser desenvolvida previamente pelas escolas e a prova sendo constituída de dez questões, sete delas de astronomia e três de astronáutica.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE