26.5 C
Arujá
sábado, março 6, 2021
Início Cidade Homem é preso em Arujá por tentar subornar policiais com R$ 50
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Homem é preso em Arujá por tentar subornar policiais com R$ 50

- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Motorista estava com CNH e licenciamento do veículo vencidos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem de 59 anos, ontem, por volta das 11h, na rodovia Presidente Dutra, na praça de pedágio de Arujá. O suspeito dirigia um Toyota/Fielder prata e tentou subornar os policiais.

Ao ser indagado sobre a sua carteira de habilitação e o documento do veículo, o homem passou a se fazer de desentendido (inclusive, como se não entendesse português corretamente; apesar de se constatar posteriormente que era habilitado) e dizer que não os localizava.

Chamou a atenção do policial que realizava a abordagem o fato de o motorista manter uma cédula de dinheiro em sua mão fechada.

Por este motivo, a equipe passou a gravar a abordagem sem que o condutor percebesse. Após nova solicitação da documentação, o homem estendeu a mão a um dos policiais como se fosse entregar os documentos, porém entregou uma cédula dobrada de R$ 50 dizendo que era para o “cafezinho”.

Em razão disso, foi dada voz de prisão ao condutor pelo crime de Corrupção Ativa (artigo 333 do Código Penal).

Durante o prosseguimento da fiscalização, verificou-se que o homem se encontrava com a sua carteira nacional de habilitação vencida desde agosto de 2018 e o licenciamento do veículo estava vencido desde o ano de 2019.

Em consequência, foram lavrados AITs por dirigir veículo com CNH vencida há mais de 30 dias, permitir posse do veículo a condutor com CNH vencida há mais de 30 dias, conduzir veículo que não esteja devidamente licenciado, recusar-se a submeter-se ao teste de etilômetro e conduzir veículo sem documento de porte obrigatório: CNH. O veículo foi recolhido ao pátio.

O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Repressão de Crimes Fazendários da Superintendência de Polícia Federal de São Paulo, onde os fatos foram registrados num Boletim de Ocorrência.

VEJA TAMBEM...

Siga o Arujá Reporter

12,894FãsCurtir
48SeguidoresSeguir
35InscritosInscrever
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

- PUBLICIDADE -