PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Índices de vacinação estão baixos em Arujá

vacinação infantil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Secretário de Saúde crítica politização sobre imunizantes

Com exceção da vacinação contra o coronavírus, os demais imunizantes estão com baixas coberturas em Arujá. A informação é do secretário municipal de Saúde, Leonardo Reis, que concedeu coletiva de imprensa, na sede da pasta, nesta quinta-feira (9).

Leonardo explicou que a politização das vacinas, nos últimos quatro anos, contribuiu para a redução da procura da população pela imunização em todo o Brasil, o que impactou Arujá. Apesar disso, a cidade não registrou casos de doenças relacionadas às vacinas, como paralisia infantil e sarampo.

A coordenadora da Vigilância Sanitária, Ana Marie Santana, exemplificou que a campanha da poliomielite teve 65% de adesão, sendo que a meta era 95% em 2022.

“Para esse ano temos várias abordagens novas, principalmente em parceria com a Secretaria Municipal de Educação para atingir mais pais e crianças”, explicou.

A diretora da Vigilância em Saúde, Suelen Machado, opinou que a cidade sofreu o impacto dos movimentos antivacinas.

Vale destacar que, no caso da covid-19, Arujá vacinou 93% da população, sendo que a meta do Ministério da Saúde era 90%. Além disso, a cidade foi reconhecida como uma das 50 melhores na vacinação contra o coronavírus em todo o país.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.

Tópicos
Compartilhe

Veja também

SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI.