26.5 C
Arujá
quarta-feira, maio 5, 2021
InícioEducaçãoInscrições para o EducaSP terminam na sexta-feira
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Inscrições para o EducaSP terminam na sexta-feira

- PUBLICIDADE -

Programa envolve o Governo do Estado e a USP.

Estão abertas as inscrições do segundo módulo dos cursos do Educa SP, uma iniciativa da Secretaria Estadual da Educação em parceria com a Universidade São Paulo (USP). As inscrições podem ser feitas pelo site abaixo e o prazo termina no dia 13 de março. Clique aqui.

O curso é destinado a alunos das três séries do ensino médio matriculados nas escolas da rede estadual. Ao todo são 15 mil vagas disponíveis para dez opções de cursos em diversas áreas. São eles: astrobiologia; fotografia; programação de aplicativos e jogos; quero engenhar!; robótica; super tecnologias; negociações internacionais; lazers, luzes e cores; decifrando seu dinheiro; expedição literária: viagem pelas letras.

O curso é dividido em 2h diárias de atividades, que reúnem videoaulas, estudo de material complementar e tarefas guiadas por tutores, que são alunos de graduação da USP. O programa também inclui pelo menos uma visita presencial do estudante ao campus da USP mais próximo de sua residência. Além da capital, a universidade tem sete unidades instaladas pelo Interior de São Paulo.

O EducaSP é um dos projetos para modificar a formação no Estado e torná-la mais abrangente, desenvolvendo capacidades que vão além dos conteúdos aprendizados na escola. No projeto, os alunos terão cursos que desenvolvem áreas artísticas e técnicas, colaborando para a formação completa do indivíduo.

“Hoje, o professor é muito mais um tutor e um curador do conhecimento ao invés de apenas alguém que demonstra o conhecimento para os alunos. O século XXI exige que o cidadão tenha diversas capacidades, como interpretar informações, ter resiliência, saber trabalhar em grupo, gerir suas emoções e se comunicar bem”, explica Haroldo Rocha, secretário executivo da educação.

Com o programa, a Educação quer ampliar a formação dos estudantes do ensino médio, desenvolvendo capacidades que vão além dos conteúdos da sala de aula, além de fornecer uma amostra da vida universitária. “De certa forma, é um ‘Corujão da Educação’, porque ele vai ocupar os horários disponíveis nas salas de aula de universidades, garantindo com isso melhor qualidade de ensino e principalmente uma motivação adicional para os alunos da rede”, explica o governador João Doria.

VEJA TAMBEM...

Siga o Arujá Reporter

12,894FãsCurtir
48SeguidoresSeguir
35InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Mais lidas

- PUBLICIDADE -