PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Instalação de lâmpadas de Natal exige cuidados com segurança

Cleiton Thiele/ SerraPress

PUBLICIDADE

Não se deve ligar mais de três conjuntos na mesma tomada.

O Natal está chegando e, com ele, toda a energia e a magia que este período do ano proporciona. Já é possível ver algumas residências e comércios enfeitados com decorações natalinas. As luzes, conhecidas como pisca-pisca, são os enfeites favoritos. Mas eles também representam um incremento no valor da conta de energia. Por isso, a Elektro dá uma dica importante de como caprichar na decoração e, ainda assim, economizar.

O segredo é optar pelas luzinhas com lâmpadas de LED. Para se ter uma ideia, cerca de 100 mini lâmpadas convencionais possuem em média uma potência de 35W, enquanto a mesma quantidade de lâmpadas de LED possui potência média de 5W, sete vezes menor. Elas são um pouco mais caras, mas também duram até seis vezes mais, e são mais eficientes, consumindo menos energia, o que impacta diretamente no bolso do consumidor. Outra dica é desligar os pisca-piscas quando não tem ninguém em casa ou quando todos estiverem dormindo.

Decoração Segura

Ao decorar a casa, é preciso estar atento, principalmente, à segurança. Em áreas externas, como fachadas de casas, é muito importante tomar cuidado ao subir em estruturas como escadas ou usar ferramentas com hastes metálicas durante a decoração, pois, o contato acidental com a rede elétrica pode provocar choques que levam à morte. Uma regra simples: nunca utilizar postes ou fiações para apoiar enfeites natalinos.

Dicas:

§  Não utilize benjamins, nem sobrecarregue o circuito da tomada. Isso pode superaquecer os fios e causar incêndios ou curtos-circuitos;

§   Não faça emendas nos fios da iluminação de Natal;

§  Evite contato das lâmpadas com objetos e enfeites que podem ser inflamáveis ou metalizados;

§  Mantenha a árvore natalina distante de objetos que possam pegar fogo, como cortinas, lareiras ou outras fontes de calor;

§   Não feche portas e janelas sobre a fiação.

PUBLICIDADE

Tópicos
Compartilhe
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE