PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Morador de Arujá morre após transplante de fígado

Foto: PM
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Homem de 59 anos foi levado para cirurgia em viatura da Polícia Militar

José Antonio Comunalle, de 59 anos, morador de Jardim Real, em Arujá, morreu na manhã desta segunda-feira (21), após complicações de um transplante de fígado, de acordo com o Diário de Mogi. Ele esperava a doação há sete anos e conseguiu chegar ao Hospital das Clínicas, na capital paulista, para fazer a cirurgia graças a uma viatura da Polícia Militar, que o transportou.

O caso ganhou repercussão nas redes sociais. A família de Comunalle pediu ajuda à PM porque havia medo de não conseguir chegar a tempo. O trajeto foi bem mais ágil com a viatura do que o trajeto comum entre Arujá e São Paulo.

O novo órgão não reagiu no corpo de Comunalle e trouxe várias complicações. Se ele sobrevivesse, teria que entrar novamente na fila de doação de fígado, além de passar por hemodiálise, segundo o Diário de Mogi.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE