PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Parque Ecológico ganha nome de ambientalista arujaense

Parque Ecológico Alcy Machado Godoy
Foto: Divulgação
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Alcy Machado Godoy foi fundadora da ONG Salvar de Arujá.

Foi aprovada por unanimidade a iniciativa dos vereadores Abel Franco Larini (PL), Ana Cristina Poli (PL) e Reynaldo Gregório Junior (PTB), atual presidente da Casa Legislativa, de propor o nome de Alcy Machado de Godoy ao Parque Ecológico de Arujá, localizado no Jardim Fazenda Rincão. A propositura foi elogiada em Plenário por diversos parlamentares.

O projeto de Lei nº 211/2019 foi apreciado em 2ª discussão e votação durante Sessão Ordinária de quarta-feira (4), que contou com a presença do filho da homenageada Leonardo Godoy e familiares.

Histórico

Ambientalista obstinada como registra a sua biografia, dona Alcy foi uma das fundadoras da ONG Salvar de Arujá e sócia do Greenpeace, organização mundialmente conhecida pelo ativismo na área ambiental. Era apreciadora das artes e frequentadora assídua de museus, exposições e feiras de artesanato.

Nasceu em Bambuí, Minas Gerais, região da Serra da Canastra, em 7 de setembro de 1935. Chegou a Arujá em 1960 após casar-se com o farmacêutico João Godoy. Com ele, teve quatro filhos: Leonardo, João, Humberto e Marcelo e adotou outros dois: Lydia e Jorge.

Dona Alcy faleceu em 2011, em decorrência de um câncer de pulmão, e foi sepultada ao lado do marido no Cemitério Central do Município.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE