PUBLICIDADE

Prefeitura prevê multa a bares e restaurantes que desrespeitarem a pandemia

Foto: Marli dos Reis/PMA
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Camargo deve assinar decreto nesta semana

Preocupado com o avanço da pandemia do coronavírus em Arujá, o prefeito Luis Camargo (PSD) informou, na tarde desta terça-feira (19), que vai assinar decreto nesta semana para definir novas regras para o funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes na cidade.

De acordo com Camargo, é preciso conter as aglomerações na cidade para evitar o colapso do sistema de saúde. Hoje, 90% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid estão ocupados no PAM Barreto. Além disso, 83% dos leitos com respiradores no PA Central também são utilizados.

Camargo não adiantou quais serão as regras de funcionamento, nem as punições, mas garantiu que é preciso ter sanção para quem não colaborar. “Formamos grupos de discussão com os comerciantes da cidade para chegar a um modelo benéfico”, confirmou.

Em uma reunião hoje, com comerciantes da avenida Amazonas, foi acertado que será autorizada a permanência de duas mesas, em cada trailer, até às 22 horas. Após, eles vão retirar as mesas e os produtos serão somente retirados pelos consumidores.

Na opinião do secretário municipal de Saúde, Márcio Knoller, será preciso instaurar um lockdown em Arujá se não houver contenção das aglomerações. Apesar de a Prefeitura possuir estrutura para expandir os leitos, ele considera que é essencial a colaboração da população no combate à pandemia.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE