13.6 C
Nova Iorque
terça-feira, setembro 29, 2020
Error: Embedded data could not be displayed.
Início Política Quarentena é prorrogada até 23 de agosto em Arujá
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Quarentena é prorrogada até 23 de agosto em Arujá

- PUBLICIDADE -

Na fase amarela do Plano São Paulo, a quarentena foi estendida com as mesmas regras vigentes até então

O Comitê Extraordinário de Combate à Covid-19, da Prefeitura de Arujá, renovou até 23 de agosto a quarentena no município, com base nas regras do Plano São Paulo de retomada econômica. Com a atualização do decreto publicado nesta segunda-feira (10), ficam mantidas as regras estabelecidas pelos atos municipais até então.

Na prática, o decreto nº 7.477 renova as medidas inerentes à fase amarela, permitindo, com restrições, o funcionamento de bares, restaurantes, salões de beleza, comércios, prestadores de serviços, algumas atividades de educação não regulada e academias de ginástica. Quadras e atividades similares também foram liberadas, seguindo os protocolos específicos.

“O município continua sendo avaliado continuamente em sua média da taxa de ocupação de leitos de UTI voltados ao coronavírus, além do número de novas internações e óbitos. A partir desses indicativos é possível que diminuam ou aumentem as restrições, de acordo com os limites estabelecidos pelo Estado. Por isso é necessário que a cautela prevaleça nesse momento delicado”, ressalta a presidente do comitê e secretária de Desenvolvimento Econômico, Vanessa Garofani.

Restrições

Em linhas gerais, as restrições permanecem as mesmas. Restaurantes, bares, lanchonetes e similares devem respeitar medidas como: ocupação máxima de 40% de capacidade dos assentos; funcionamento de 6 horas diárias, até as 22 horas; operações em ambientes ao ar livre ou arejados, com assentos; disponibilização de álcool em gel 70%; uso obrigatório de máscaras e adoção de protocolos específicos para o setor constante do Plano São Paulo do Governo do Estado.

Os estabelecimentos comerciais também precisam seguir com as medidas de segurança, tais como: capacidade limitada a 40% do espaço total; horário reduzido de 6 horas diárias, das 10 às 16 horas; uso obrigatório de máscaras em todos os ambientes; adoção de protocolos padrões e setoriais específicos para o setor.

De igual modo, salões de beleza, clínicas de estética e similares continuam funcionando sob as seguintes regras: capacidade limitada a 40% do espaço total; horário reduzido de 6 horas diárias, das 13 às 19 horas; uso obrigatório de máscaras em todos os ambientes; adoção de protocolos padrões e setoriais específicos.

No caso das atividades presenciais de educação não regulada, como cursos de idiomas ou artísticos, por exemplo, as medidas a serem adotadas são as seguintes: restrição de capacidade e horário previstas para o setor de serviços, das 9 às 15 horas; além de obedecer aos protocolos pertinentes à educação regulada.

Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

Venda de gás de cozinha, acima de R$ 70, está irregular e deve ser denunciada

Consumidor deve denunciar locais que vendam gás de cozinha com preço abusivo. O Procon de São Paulo orienta os...

Posto de gasolina de Arujá é investigado por maior fraude em operação estadual

Operação Olhos de Lince, do Ipem, multou 63 postos de gasolina no Estado O Ipem (Instituto de Pesos e...

Confira os feriados e pontos facultativos em Arujá em 2020

Aniversário de Arujá e Corpus Christi caem na mesma semana. Após dois feriados seguidos, de Natal e Ano-Novo, nem...

Colapso de leitos na Grande SP deve ocasionar lockdown em Arujá

Fechamento dos comércios não essenciais está mantido até o final do mês O risco de Arujá entrar em lockdown...
- PUBLICIDADE -