PUBLICIDADE

Refis da Prefeitura fica para o segundo semestre

Foto: Imprensa/CMA
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Em reunião com secretário de Finanças, vereadores pedem esclarecimentos sobre ações

Em atendimento à solicitação do vereador Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB), o secretário municipal de Finanças, Caio César Vieira de Araújo, esteve na segunda-feira (3) em reunião com os vereadores na Câmara Municipal.

Respondendo a questionamentos feitos pelos vereadores Reynaldinho (PTB) e Samoel Maia (Republicanos), Caio confirmou que Arujá terá Refis – programa de refinanciamento de dívidas. Segundo Caio, o projeto está pronto, mas a administração decidiu esperar mais alguns meses na expectativa que haja uma recuperação da renda do contribuinte.

“Tínhamos o objetivo de lançar ainda no primeiro semestre. Mas, diante do cenário atual – de queda da renda do cidadão – avaliamos que seria melhor adiar o envio do projeto, pois teríamos risco de não termos o resultado esperado”, afirmou.

Sobre os impactos da pandemia no setor econômico da cidade, o secretário garantiu que a situação está sendo acompanhada de perto. “Tivemos pequena queda na emissão de notas fiscais nos últimos meses, mas prefiro esperar os dados de abril”.

Sobre os impactos da pandemia no setor econômico da cidade, Caio garantiu que a situação está sendo acompanhada de perto. “Tivemos pequena queda na emissão de notas fiscais nos últimos meses, mas prefiro esperar os dados de abril”.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE