PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SP suspende operação descida na Rodovia dos Tamoios

Foto: Diogo Moreira/A2 FOTOGRAFIA
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Medida quer evitar aumento do fluxo de veículos em direção às praias do Litoral Norte

O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), anunciou, nesta sexta-feira (26), a suspensão da operação descida na Rodovia dos Tamoios (SP 099), um dos principais acessos às praias do Litoral Norte do estado. O objetivo é desestimular o aumento do fluxo de veículos rumo às praias durante a fase emergencial do Plano São Paulo e o feriado prolongado decretado na cidade de São Paulo.

A suspensão, a exemplo da medida implementada também no Sistema Anchieta Imigrantes (SAI), seguirá até o dia 4 de abril. Vale lembrar que o feriado prolongado não ocorre em Guarulhos.

A iniciativa de suspensão da operação descida na Tamoios atende a pedido dos prefeitos das cidades da região para conter o excesso de visitantes. A medida foi adotada após rigorosas avaliações técnicas e de segurança viária para os usuários do sistema realizadas por técnicos da ARTESP (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo), da concessionária Tamoios e de representantes dos municípios da região do Litoral Norte.

Durante o período de suspensão da operação descida, o trecho de serra da Rodovia dos Tamoios terá o tráfego mantido normalmente, com uma faixa para a descida e duas faixas para a subida. A ARTESP, em conjunto com a concessionária Tamoios, responsável pela administração da Rodovia dos Tamoios (SP 099), manterá todos os serviços de apoio e atendimento aos usuários que tenham necessidade de utilizar as rodovias.

A operação descida na Rodovia dos Tamoios (SP 099) estabelecida como uma das obrigações contratuais da concessionária, é implantada pela concessionária Tamoios, em conjunto com a Polícia Militar Rodoviária, sempre que o tráfego de veículos no trecho de serra no sentido às cidades situadas no Litoral Norte de São Paulo atinge patamares superiores à capacidade da rodovias em operação normal. O parâmetro definido para montagem da operação é quando o movimento ultrapassa a marca de 1000 mil veículos por hora, o que garante as condições de trafegabilidade, fluidez e segurança aos usuários do sistema.

Fluxo de veículos

A média do movimento de veículos na Rodovia dos Tamoios no final de semana anterior ao decreto estadual que instituiu a fase emergencial do Plano São Paulo, foi de 63,3 mil veículos na descida e de 65,2 mil na subida. No último final de semana (19 a 21 de março), como efeito das medidas restritivas, o movimento reduziu 32,5% em relação ao fim de semana anterior ao decreto. O movimento registrado foi de 43,3 mil veículos na descida e de 43,5 mil na subida.

A Rodovia dos Tamoios (SP 099) liga as cidades de São José dos Campos e Caraguatatuba. Os trechos sob concessão são: planalto, serra e vias de acessos. Ela possui intersecções com a Rodovia Presidente Dutra (BR 116), Rodovia Carvalho Pinto (SP-070), Estradas das Pitas (SP-88) e Rodovia Rio Santos (SP-55/BR-101).

Anchieta-Imigrantes

Após a decisão de suspender a operação descida no SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes), o Governo de São Paulo registrou queda de 20% no movimento: foram 203 mil veículos neste final de semana (de 19 a 21 de março) ante 256 mil em igual período da semana anterior (de 12 a 14 de março).

“São 53 mil veículos a menos! Estamos empenhados em atingir o nosso objetivo de desestimular o fluxo rumo ao litoral paulista. O momento é de salvar vidas”, afirmou o secretário de Logística e Transportes de SP, João Octaviano Machado Neto.

Somando apenas os veículos em direção ao litoral, a redução foi de 21%: 104.732 no último final de semana ante 132.284 em igual período da semana anterior.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE