26.5 C
Arujá
sábado, março 6, 2021
Início Política Vereadores criam comissão para investigar plano de saúde dos servidores
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Vereadores criam comissão para investigar plano de saúde dos servidores

- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Contrato, assinado no fim da gestão José Luiz Monteiro, vale R$ 8,2 milhões

O contrato da Prefeitura de Arujá com a Plena Saúde Ltda, responsável pelo plano de saúde dos servidores públicos da administração municipal, entrou na mira do Legislativo.

Após receberem uma série de reclamações de usuários, descontentes com o atendimento prestado pela rede credenciada, os vereadores decidiram criar uma Comissão de Representação para acompanhar a execução do contrato, assinado em 27 de novembro de 2020, pelo valor total de R$ 8.269.560.

A decisão foi tomada durante reunião realizada entre os parlamentares e representantes do Executivo Municipal, entre eles, o diretor geral Fernando Josea Heras Alegri e o secretário de Governo Rogério Gonçalves Pereira, na última sexta-feira (29) no gabinete da Presidência da Casa.

“Nossa primeira medida será chamar os proprietários da Plena para vir à Câmara prestar esclarecimentos”, explicou a vereadora Cris do Barreto (PSD), que coordenou a reunião e presidirá a Comissão. Ela relatou vários problemas vivenciados por funcionários da Prefeitura como, por exemplo, demora na autorização de procedimentos médicos.  

Licitação

A Prefeitura abriu procedimento licitatório para contratação de empresa especializada na prestação de serviços de assistência médica ou seguro saúde na modalidade pregão eletrônico (nº 44/2020) no final do ano passado. A Sessão Pública foi realizada em 23/10/2020. A vencedora do certame foi a Plena.

O contrato nº 3151/2020 prevê assistência médica por meio do Plano Básico Familiar a 1.170 beneficiários incluindo servidores ativos e inativos, pensionistas e seus dependentes, a um valor individual de R$ 589. Vale ressaltar que este custo é rateado entre a Prefeitura e o funcionário. O contrato tem vigência de 12 meses, sendo possível a prorrogação nos termos da Lei (cláusula 7.1).

VEJA TAMBEM...

Siga o Arujá Reporter

12,894FãsCurtir
48SeguidoresSeguir
35InscritosInscrever
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.
- PUBLICIDADE - Error: Embedded data could not be displayed.

Mais lidas

- PUBLICIDADE -