PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Após ameaça de greve, Estado agenda vacinação de motoristas de ônibus

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Imunização dos trabalhadores do transporte público vai ocorrer em maio

Após ameaça de greve geral no transporte público, o governador João Doria (PSDB) anunciou, nesta terça-feira (20), o início da campanha de vacinação contra a covid-19 para os trabalhadores do Metrô e da CPTM em 11 de maio, dos motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais em 18 de maio.

Na noite de ontem (19), o Estado aceitou o pedido do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, do Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores do Transporte de Guarulhos e Arujá) e outras entidades para antecipação da imunização dos trabalhadores do transporte. Eles iriam promover uma greve geral hoje.

“O critério para a escolha é técnico e pelo grau de exposição. O Ideal seria ter vacinas para todos os brasileiros. A falta de vacinas é uma responsabilidade do Ministério da Saúde”, avaliou Doria.

O Estado também anunciou a vacinação de pacientes renais em diálise, síndrome de down e transplantados imunossuprimidos a partir de 10 de maio, antecipação da campanha para idosos de 64 anos para 23 de abril. Os prazos para os idosos de 63 anos (29 de abril) e de 60 a 62 anos (6 de maio) segue igual.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE