PUBLICIDADE

Arujá inicia vacinação para trabalhadores da Educação de 18 a 44 anos

Foto: Wellington Alves
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Imunização é para os funcionários que trabalham em Arujá

O município de Arujá iniciou hoje (11) a vacinação contra a covid-19 para trabalhadores da Educação no geral, de 18 a 44 anos. Vale lembrar que os professores, inspetores de alunos, merendeiras, diretoras e quaisquer trabalhadores da área da Educação, que serão contemplados nessa etapa da imunização, não precisam ter comorbidades, mas têm que lecionar no Ensino Básico, tanto na rede municipal, quanto estadual ou particular.

O profissional da Educação será vacinado no município em que trabalha e não, necessariamente, onde reside. Assim que ele se cadastra no site do Vacina Já do Governo do Estado, é emitido um QR Code com a cidade em que ele deverá tomar a vacina. Feito isto, quem for se vacinar em Arujá, deverá se cadastrar e agendar a tomada da vacina no site da Prefeitura, que é realizada das 8h às 16h30 no ginásio Habib Tannuri, na rua Maranhão, 386, na rua da feira do Centro.

Para se vacinar, além de ter feito o agendamento, o trabalhador da Educação precisa levar documento de identidade com foto e o cartão com o QR Code, comprovando o município onde ele deve ser vacinado.

Arujá recebeu 936 doses destinadas a esse público, além de 198 doses para completar o esquema vacinal direcionado às gestantes, 338 para Pessoas com Deficiências (PCD), totalizando 1.476 doses.

Desde essa semana, trabalhadores da Educação de 45 e 46 anos de idade começaram a ser vacinados, bem como pessoas de 18 a 59 anos de idade que tenham alguma deficiência permanente (PCD), pessoas com deficiência permanente que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e pessoas com comorbidades, sendo esses dois últimos grupos de 18 a 29 anos de idade. Grávidas e mulheres que deram à luz em até 45 dias, a partir dos 18 anos também estão sendo vacinadas.

Vacinação Solidária

Se puder, no ato da vacinação, doe 1 kg de alimento não perecível, que será entregue pelo Fundo Social de Solidariedade às famílias carentes de Arujá.

Evitar aglomerações

A Secretaria Municipal de Saúde solicita às pessoas que forem se vacinar nos sistemas convencionais, tanto na campanha da H1N1, quanto da Covid-19 (que é realizada somente com agendamento no ginásio Habib Tannuri, na rua da feira do Centro), que evitem levar familiares, se possível, para não gerar aglomerações.

A pasta solicita a colaboração de todos, para que o esquema vacinal seja tranquilo e seguro.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE