PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Arujá tem 100% de ocupação dos leitos de UTI

Foto: Jamile Santana/ITDM
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Condemat cobra do Estado mais vagas na região

A Secretaria de Estado da Saúde informou que Arujá está com 100% de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por causa da pandemia do coronavírus. Mas a situação é crítica em todo o Alto Tietê.

De acordo com o Condemat (Consórcio dos Municípios do Alto Tietê), a região registra taxa de ocupação de leitos UTI em 89,4% (data base 1/3). Desde o início da semana as unidades hospitalares de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Santa Isabel enfrentam condições críticas, chegando ao limite da capacidade de atendimento.

Hoje estas unidades permanecem com a ocupação em 100%, condição inédita neste um ano de pandemia.

Amanhã (5) o Conselho de Prefeitos do consórcio se reúne com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi para solicitar agilidade na implantação dos leitos e buscar apoio do Estado para contratação de leitos privados.

Os leitos de UTI serão implantados nos hospitais Santa Marcelina, de Itaquaquecetuba; Dr. Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes e Hospital das Clínicas, em Suzano, sendo 10 unidades para cada. Já os leitos de enfermaria serão implantados nos hospitais Dr. Arnaldo Pezzuti e HC de Suzano, sendo 20 em cada hospital.

Em reunião virtual realizada hoje (4), os prefeitos pontuaram que o prazo para a implantação destes novos leitos é muito grande, o que coloca em risco o sistema de saúde regional, que, diante da alta de internações e com as perspectivas de piora nos índices no mês de março, não suporta mais esperar.

Tópicos
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Comentários
Veja também
SIGA O ARUJÁ REPÓRTER

PUBLICIDADE